IDEOLOGIA E INTOLERÂNCIA: A EXTREMA DIREITA LATINO-AMERICANA E A ATUAÇÃO NO BRASIL DOS HERDEIROS DO EIXO

JEFFERSON RODRIGUES BARBOSA

Resumo


Os meios jornalísticos e produções acadêmicas nos últimos anos têm destacado em âmbito internacional manifestações de movimentos e partidos políticos de extrema direita. Os integralistas contemporâneos são aqui interpretados como expressões nacionais deste fenômeno na América do Sul e, organizados na sociedade civil estão difundidos em núcleos espalhados em nove Estados brasileiros. Novas e antigas gerações de integralistas buscam mobilizar adeptos e simpatizantes através das novas formas de interação e propaganda política, que utilizadas como ferramentas diretivas e organizativas, além dos tradicionais jornais e informativos impressos, potencializam a mobilização entre militantes. A investigação das novas formas de organização e atuação e, a análise das possíveis permanências e mudanças da ideologia nacionalista dos integralistas formulada na década de 1930, na releitura dos atuais ativistas, são os objetivos da investigação. Na investigação são utilizados os jornais impressos e os sites dos grupos mais expressivos dos herdeiros do Eixo.

Palavras-chave


integralismo, ideologia, extrema direita

Texto completo:

PDF