Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista BALEIA NA REDE?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

1. Baleia na Rede é uma publicação semestral do Grupo de Pesquisa em Cinema e Literatura da Universidade Estadual Paulista - UNESP e da Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília e se dedica a divulgar artigos e ensaios acadêmico-científicos resultantes das pesquisas sobre as interfaces entre arte e sociedade, com ênfase nas abordagens das Ciências Sociais.

2. Os artigos devem ser enviados eletronicamente pelo endereço:

baleia2010@uol.com.br

3. A publicação dos trabalhos está condicionada a pareceres de membros do Conselho Editorial e colaboradores convidados, garantido o anonimato de autores e pareceristas no processo de avaliação. Eventuais sugestões de modificação de estrutura ou conteúdo, por parte da Editoria, serão previamente acordados com os autores. Não serão admitidos acréscimos ou modificações depois que os textos forem entregues para diagramação final.

4. Os artigos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios: qualidade e rigor dos argumentos apresentados, validade dos dados apresentados, oportunidade e relevância do artigo para o debate sobre arte e sociedade e adequação das referências contidas no trabalho.

Normas técnicas e preparação dos originais

5. Os trabalhos deverão ser redigidos em português, espanhol ou italiano. O título, o resumo (de 100 a 150 palavras) e as palavras - chave (até cinco) que precedem o texto devem ser escritos no idioma do artigo. O resumo deverá ser traduzido em inglês assim como as palavras-chave. (Abstract/Keywords).

6. O trabalho não deve conter o nome do autor(a). O(a) autor(a) deverá enviar em outro arquivo informações sobre: nome completo, filiação institucional, qualificação acadêmica, endereço completo (cidade, estado e país), CEP, telefone e endereço eletrônico. Os artigos serão remetidos para pareceristas da área de especialidade do artigo. Após sua avaliação, será encaminhada ao autor(a) uma resposta de aceitação, possíveis sugestões de modificações ou recusa do artigo.

7. Os textos deverão ser escritos em fonte Times New Roman, corpo 12, recuo de início de parágrafo, justificado, espaço 1,5. Fonte Times New Roman, tamanho 11 para as citações diretas longas (acima de três linhas) com destaque e Times New Roman 10 para as notas de rodapé, legendas das ilustrações, tabelas e gráficos.

8. Os artigos deverão ter no mínimo 13 laudas e no máximo 20 laudas (incluindo ilustrações e bibliografia), as resenhas e comentários de livros, no máximo 8 laudas.

9. Para citações bibliográficas de literatura no texto usar o sistema autor-data. As citações literais curtas (menos de três linhas) serão integradas no parágrafo, com aspas e seguidas pelo sobrenome do autor referido no texto, em letras maiúsculas, ano de publicação e página (s) do texto citado, tudo entre parênteses e separado por vírgulas. Ex. (CANDIDO, 2001, p. 122).

As palavras estrangeiras devem ser grafadas em itálico e sem aspas.

10. As notas devem ser reduzidas ao mínimo necessário e serão numeradas consecutivamente dentro do texto e colocadas ao pé da página.

11. Desenhos, gráficos, mapas, tabelas, quadros e fotografias, devem conter título e fonte, e estar numerados.

12. Os textos deverão ser enviados à Revista, após passarem por rigorosa revisão ortográfica.

13. A Revista não assume responsabilidade por conceitos emitidos pelos autores e pela exatidão das referências bibliográficas utilizadas. O envio espontâneo de qualquer colaboração implica automaticamente a cessão integral dos direitos autorais ao periódico.

14. É vedada a reprodução dos trabalhos em outras publicações ou sua tradução para outro idioma sem a autorização do Conselho Editorial.

15. As referências deverão ser incluídas ao final do trabalho, em ordem alfabética e dentro das normas da ABNT, de acordo com os exemplos:

a) LIVROS

Em português:

XAVIER, I. O discurso cinematográfico: opacidade e transparência, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

 

Autor estrangeiro:

JAMESON, F. O inconsciente político: a narrativa como ato socialmente simbólico. Trad.Valter Lellis Siqueira. São Paulo: Ática, 1992.

b) CAPÍTULO DE LIVRO

LIMA, L. C. Realismo e Literatura.  In: __________. A Metamorfose do Silêncio: análise do discurso literário.  Rio de Janeiro: Eldorado, 1974. p. 27-48.

RONAI, P. Tutaméia. In: COUTINHO, Eduardo F. (org). Guimarães Rosa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1991, p. 527-535. 

c) ARTIGO DE PERIÓDICO

BRUNI, J. C. A água e a vida. Tempo Social, São Paulo, n. 5, v.1-2, p. 53-65, 1993 (editado em nov. 1994).

d) TESES, dissertações e monografias acadêmicas

FLACH, A. B. Nós os fabulistas: o pensamento baseado na oralidade e as narrativas de Guimarães Rosa. Porto Alegre, UFRGS, 2007. Dissertação (Mestrado em Letras), Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007.

e) INFORMAÇÃO OU TEXTO OBTIDO NA INTERNET

SARLO, B. La Teoría em tiempos de Google. In: http://www.diarioperfil.com.ar/edimp/0339/articulo.php?art=12731&ed=0339, acessado em: 01/11/2010

f) FILMOGRAFIA

La vendedora de rosas, Colômbia, 1998. Diretor: Victor Gaviria. Roteiro: Victor Gaviria, Carlos Henao, Diana Ospina. Fotografia: Rodrigo Lalinde, Erwin Goggel. Elenco: Lady Tabares, Mileider Gil, Maria Correa. 

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.