Reascensão da política de segurança russa na Ásia Central por meio da Organização para Cooperação de Xangai (OCX)

Reaffirming of the Russian security policy in Central Asia through the Shanghai Cooperation Organization (SCO)

  • Alexandre César Cunha Leite, Prof. Dr. Universidade Estadual da Paraíba http://orcid.org/0000-0002-0209-2717
  • Arthur Mastroiani Maximo de Lucena Universidade Estadual da Paraíba
  • Fábio Nobre, Prof. Dr. Universidade Estadual da Paraíba
Palavras-chave: Russia, Complexos Regionais, OCX, Política de Segurança

Resumo

O artigo tem como finalidade abordar a expansão da política externa da Rússia na Ásia Central, com método dedutivo e estudo de caso na Organização para Cooperação de Xangai (OCX), tomando esta como uma Instituição cujo objetivo é a segurança coletiva dos seus países membros. Partindo do momento em que Vladimir Putin assume o poder já no início do século XXI até o ano de 2015, visto que são os anos cruciais em que o país inicia sua reascensão no cenário internacional, a Rússia, bem como a China, atores mais importantes dentro da (OCX), atuam juntos contra o terrorismo, movimentos separatistas, conflitos de fronteiras, tráfico de drogas, migração, dentre outras temáticas de segurança. Diante disto, por meio da Teoria dos Complexos Regionais de Segurança, será discutido como a Rússia tem feito sua expansão de política externa no âmbito de segurança na região da Ásia Central e como a Organização é fundamental neste processo, visto que a Rússia opta por ser um Estado forte e centralizador em seus assuntos de política externa e a sua participação na Organização é um instrumento internacional importante de atuação, com o seguinte problema de pesquisa: Diante da reascensão da Rússia no cenário internacional no século XXI, como o país consegue impor sua agenda de política externa em segurança na Ásia Central, por meio da Organização para Cooperação de Xangai?

 

 

Abstract: This paper aims to address and expand Russia's foreign policy in Central Asia, with deductive method and study of case in Organization for collective security of its members called the Shanghai Cooperation Organization (SCO), starting from the moment that Vladimir Putin assumes power no longer the beginning of the 21st century, since it is one of the crucial moments in which Russia begins its re-emergence on the international stage. As the main focus of the Organization and a collective security, a Russia, as well as a China, major actors within the International Organization, (OCX), act together against terrorism, separatist movements, border conflicts, drug trafficking, migration, among other security topics. Moreover, by means of the Regional Security Complex Theory, it will be discussed how Russia has made its foreign policy expansion in the Central Asian region and how the Organization is fundamental in this process, since Russia chooses to be a strong and centered on its foreign policy issues and its role in the Organization is an important international instrument of action, with the following research problem: Facing Russia's re-emergence on the international stage in the 21st century, which extent the country manages to impose its security agenda in Central Asia, through the Shanghai Cooperation Organization?

Keywords: Russia; Security; Regional Complex; Foreign Policy.

Biografia do Autor

Alexandre César Cunha Leite, Prof. Dr., Universidade Estadual da Paraíba

Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da Universidade Estadual da Paraíba (PPGRI/UEPB) e Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública e Cooperação Internacional da Universidade Federal da Paraíba (PGPCI/UFPB).  

Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ásia-Pacífico (GEPAP/UEPB/CNPq). Pesquisador do Grupo de Pesquisa sobre Potências Médias (GPPM/PUCMINAS/CNPq). Pesquisador do Instituto de Estudos Ásia (IEA/UFPE). 

Publicado
2018-11-12