DESIGN SCIENCE

ESTUDO DE UM CAMPO TEÓRICO

Palavras-chave: Design Science, Design Science Research, Ciência do Artificial

Resumo

A presente pesquisa mapeia os avanços no campo teórico da Design Science a partir de um conjunto de trabalhos brasileiros. O objetivo é demonstrar a partir do estudo de um dos trabalhos uma forma de organizar o campo teórico no contexto da Ciência da Informação, usando a representação em um mapa bibliométrico sobre o assunto. Desenvolve-se um estudo qualitativo por meio de uma pesquisa descritiva que parte de uma premissa geral sobre Design Science e agrega premissas intermediárias ou particulares ao termo. Os dados utilizados para construção da pesquisa são compostos pelo universo de teses brasileiras que abordaram o assunto ou tiveram o termo Design Science presente no título de seus trabalhos, e, adicionalmente um conjunto de trabalhos brasileiros relevantes sobre o tema que estavam disponíveis no banco de dados da CAPES na data da consulta. Os dados coletados da revisão de literatura serviram de referêncial para análise de um mapa bibliométrico de uma tese sobre o assunto, especialmente criado com a função de representar o conhecimento sobre a temática disponível nas teses brasileiras, facilitar os estudos consultivos e as futuras pesquisas sobre no campo da Design Science. De forma específica, espera-se que os resultados com a pesquisa ofereçam: a) descrição do comportamento do termo de Design Science, a partir dos trabalhos consultados, face à sua representatividade em diversas áreas do conhecimento; b) apresentação do termo Design Science em uma perspectiva transdisciplinar; c) representação do conhecimento sobre a temática como forma de organização do campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Emirena dos Santos Carneiro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais
Doutora em Ciência da Informação UFMG - PPGOC Docente  IFMG Campus Sabará

Referências

Arnott, D.; Pervan, G. (2012) Design Science in decision support systems research: an assessment using the hevner, march, park, and ram guidelines. // Journal of the Association for Information Systems, 13: 11 (2012) 923-949.

Baloh, P.; Desousa, K.C.; Hackney, R. (2012). Contextualizing organizational interventions of knowledge management systems: a Design Science perspective. // Journal of the American Society for Information Science and Tecnology, 63: 5 (2012) 948-966.

Biotto, Clarissa Notariano (2012). Método para projeto e planejamento de sistemas de produção na construção civil com uso da modelagem bim 4d. 2012. 180 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

Bordin, A. S. (2015). Framework baseado em conhecimento para análise de rede de colaboração científica. 2015. 333 f. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) - Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.

Brito, J. N. de S. (2015). Proposta de modelo de formação de valor percebido pelos usuários finais de empreendimentos habitacionais de interesse social. 2015. 334 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

Burgoyne, J.; JAMES, K. T. (2006). Towards best or better practice incorporate leadership development: operational issues in mode 2 and Design Science Research. // British Journal of Management, 17: 4 (, dez. 2006) 303-316.

Ça?da?, V.; Stubkjær, E. (2011). Design Research for cadastral systems. Computers. // Environment and Urban Systems, 35:1, (jan. 2011) 77-87.

Caixeta, M. C. B. F. (2015). O usuário e o processo de projeto: co-design em edifícios de saúde. 231 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Instituto de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2015.

Cuperschmid, A. R. M. (2014). Realidade aumentada no processo de projeto participativo arquitetônico: desenvolvimento de sistema e diretrizes para utilização. 310 f. Tese (Doutorado em Arquitetura, Tecnologia e Cidade) - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

Dresch, A. (2013). Design Science e Design Science Research como artefatos metodológicos para engenharia de produção. 184 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2013.

Fujita, P. T. L. (2014). Análise dos processos de construção da bula de medicamento para a saúde das populações. 180 f. Tese (Doutorado em Informação e Comunicação em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.

Germonprez, M.; Hovorka, D.; Gal, U. (2011). Secondary design: a case of behavioral Design Science Research. // Journal of de Association for Information Systems. 12: 10 (2011) 662-683.

Gibbons, M.; Limoges, C.; Nowotny, H. et al. (1994). The new production of knowledge: the dynamics of science and Research in contemporary societies. Great Britain: Sage Publications, 1994.

Gill, T. G.; Hevner, A. R. (2011). A fitness-utility model for Design Science Research. // Jain, H.; Sinha, A. P.; Vitharana, P. (ed.). Service-Oriented Perspectives in Design Science Research. Heidelberg, Berlin: Springer.

Hegenberg, L. (1969). Explicações científicas: introdução à filosofia da ciência. São Paulo: Herder, 1969.

Hevner, A. R.; Chatterjee, S. (2010). Design Research in information systems: theory and practice. New York: Springer, 2010.

Hevner, A. R.; March, S. T.; Park, J.; Ram, S. (2004). Design Science in information systems Research. // MIS Quarterly, 28:1 (2004) 75-105.

Jappur, R. F. (2014). Modelo conceitual para criação, aplicação e avaliação de jogos educativos digitais. 296 f. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) - Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

Järvinen, P. (2007). Action Research is similar to Design Science. // Quality & Quantity, 41 (2007) 37-54.

Le Moigne, J.-L. (1994a). O Construtivismo: volume 1: dos fundamentos. Lisboa: Instituto Piaget, 1994a.

Lima, T. C. S. de; Mioto, R. C. T. (2007). Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. // Revista Katal, Florianópolis, 10: n. esp. (abr. 2007) 37-45.

Lukka, K. (2003). The constructive Research approach. // OJALA, L.; HILMOLA, O.-P (ed.) Case study Research in logistics. Turku: Turku School of Economics and Business Administration, 2003. Series B1. p. 83-101.

Manson, N. J. (2006). Is operations Research really Research? // Orion, 22: 2 (2006) 155-180.

March, S. T.; Smith, G. F. (1995). Design and natural science Research on information technology. // Decision Support Systems, 15 (1995) 251-266.

Melo, R. S. S. de (2015). Modelo conceitual para introdução do custeio-meta no processo de desenvolvimento de produtos imobiliários. 116 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Construção, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

Monteiro, D. A. de B. (2015). Proposta de um campo para avaliação da percepção de valor em empreendimentos habitacionais de interesse social. 233 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional) – Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

Nabut Neto, A. C. (2015). Elaboração de uma ferramenta utilizando sistemas dinâmicos de modelagem para o estímulo da visão sistêmica de conceitos relacionados à construção civil no Brasil. 273 f. Tese (Doutorado em Estruturas e Construção Civil) - Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

Neves, J. C. L. (2015). Framework para incorporação da biomimética e propriedades da visão do produto como estratégia de inovação. 151 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2015.

Nunamaker, J. F.; Chen, M.; Purdin, T. D. M. (1991). Systems development in information systems Research. // Journal of Management Information Systems, 7: 3 (1991) 89-106.

Nunes, F. de L. (2015). Sistema Hyundai de produção: uma proposição de modelo Conceitual. 142 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Produção e Sistemas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, 2015.

Pandza, K.; Thorpe, R. (2010). Management as design, but what kind of design? An appraisal of the Design Science analogy for management. // British Journal of Management, 21 (2010) 171–186.

Peffers, K.; Tuunaneen, T.; Rothenberger, M. A.; Chaterjee, S. (2007). A Design Science Research methodology for information systems Research. // Journal of Management Information Systems, 24: 3 (2006) 45-78.

Pessanha, C. P. (2014). Implementando o prontuário eletrônico OpenEHR em CMS’s. 157 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

Rocha, C. G. da (2011). Proposta de um modelo conceitual para definição de estratégias de customização no setor habitacional. 235 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade Federal Do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, 2011.

Rodrigues, M. (2014). Desenvolvimento de um modelo computacional do balanço social sistêmico dinâmico. 140f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas, São Leopoldo, RS, 2014.

Romme, A. G. L. (2003). Making a difference: organization as design. // Organization Science, 14: 5 (2003) 558-573.

Sampaio, R.F.; Mancini, M.C. (2007). Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. // Rev. Bras. Fisioter., São Carlos, 11:1 (jan./fev. 2007) 83-89.

Schramm, F. K. (2009). Projeto de sistemas de produção na construção civil utilizando a simulação computacional como ferramenta de apoio à tomada de decisão. 299 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

Simon, H. A. (1981). The sciences of the artificial. 3. ed. Cambridge: MIT Press, 1981.

Takeda, H.; Veerkamp, P.; Tomiyama, T.; Yoshikawa, H. (1990). Modeling design processes. // AI Magazine, 11: 4 (1990) 37-48.

Tillmann, P. A. (2012). A conceptual framework for improving value generation in complex construction projects. 2012. 235 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

Van Aken, J. E. (2011). The Research design for Design Science Research in management. Eindhoven: [s.n.], 2011.

Van Aken, J. E.; Berends, H.; BIJ, H. van der. (2012). Problem solving in organizations. 2. ed. United Kingdom, Cambridge: University Press Cambridge, p. 235.

Van Aken, J. E. (2005) Management Research as a Design Science: articulating the research products of mode 2 knowledge production in management. // British Journal of Management, 16 (mar. 2005) 19-36.

Van Aken, J. E. (2004). Management Research based on the paradigm of the Design Sciences: the quest for field-tested and grounded technological rules. // Journal of Management Studies, 41: 2 (2004) 219-246.

Viana, D. D. (2015). Integrated production planning and control model for engineer-to-order prefabricated building systems. 265 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

Wieringa, R. J. (2009). Design Science as nested problem solving. In: International Conference On Design Science Research In Information Systems And Technology, 4., 2009, Philadelphia. // Proceedings... Philadelphia, 2009. p. 1-12.

Yassuda, I. dos S. (2013). Artefatos de categorização de projetos espaciais e seleção de metodologias de gestão. 122 f. Tese (Doutorado em Engenharia e Tecnologia Espaciais) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos, 2013.

Zaidan, F. H. (2015). Aportes da arquitetura corporativa para o ambiente dos sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos: aplicação em companhia de energia elétrica. 2015. 176 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015.

Publicado
2019-09-27
Como Citar
CARNEIRO, L.; ALMEIDA, M. DESIGN SCIENCE. Brazilian Journal of Information Science: research trends, v. 13, n. 3, p. 68-80, 27 set. 2019.
Seção
Artigos