APONTAMENTOS GERAIS SOBRE A TORTURA NA CONTEMPORANEIDADE: AS CONTRIBUIÇÕES DE MICHEL FOUCAULT E GIORGIO AGAMBEN

  • Carlos Alberto Sanches Junior

Resumo

Oferecendo dados relativos à permissividade popular da prática da tortura no Brasil, este artigo pretende sondar as contribuições de Michel Foucault e Giorgio Agamben ao debate sobre a tortura na contemporaneidade. Compreendendo a tortura em sua dimensão eminentemente política, seria possível incluí-la na dinâmica das estratégias modernas de poder - o que remete ao tema da inclusão do corpo e da vida biológica nos cálculos e nos exercícios do poder, questão amplamente discutida pelos autores supracitados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Edição
Seção
Segurança Pública, Direito e Justiça