O MARXISMO DE SAMORA NA EDUCAÇÃO: UM SONHO DESENVOLVI-MENTISTA DE CONCEBER POLÍTICAS SOCIAIS INTERROMPIDO?

  • Alberto Bive DOMINGOS
Palavras-chave: marxismo de Samora, educação, políticas sociais

Resumo

O artigo elucida dimensões estruturais e conjunturais históricas, econômicas e culturais favoráveis ao desenvolvimento das concepções marxianas em Moçambique e da liderança de Samora Machel. Apresenta concepções de educação, instrumentos de libertação, esgrimindo sobre a organização do sistema educativo, a avaliação, o currículo no contexto escolar e a formação profissional. Também, foca perspectivas de multiculturalismo, as questões de gênero e da pedagogia feminista, bem como a narrativa étnica e racial. No entanto, o artigo é uma pesquisa de indole qualitativa baseada na revisão bibliográfica, onde foi feita igualmente a análise de conteúdo de audições em forma de conversas informais a combatentes, ex-colegas de luta de Samora, buscando relatar a vida e a obra do então político revolucionário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Bive DOMINGOS

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Publicado
2018-01-31
Seção
Artigos