O Sistema das Autoconsciências: da Epistemologia Genética a um Idealismo Especulativo

  • Ricardo Pereira TASSINARI Unesp - Marília-SP

Resumo

Este artigo expõe, sumariamente, alguns dos fundamentos gerais de meu caminho filosófico, que partiu de estudos, pesquisas e reflexões sobre as ciências e a Epistemo-logia Genética e chega a uma proposta de metafísica e ontologia idealista especulativa. Para isso, introduzo, inicialmente, a noção de sistema de seres humanos e seus compor-tamentos para contextualizar a discussão de uma das questões centrais deste artigo: “como compreender o sistema dos seres humanos e seus comportamentos?” Em segui-da, teço considerações gerais sobre as Epistemologia e Psicologia Genéticas; analiso as consequências da tese inerente a elas, de que objeto é um ser essencialmente intelectu-al; considero a possibilidade de uma perspectiva diferente em Teoria do Conhecimento que leva a perguntar “como são possíveis os diversos sistemas filosóficos?” e a neces-sidade de se constituir uma filosofia que seja capaz de considerar, em uma visão de totalidade, como são possíveis os diversos sistemas científicos e filosóficos, a partir de um pensar que pensa o próprio pensar; teço algumas considerações sobre a constitui-ção de uma tal filosofia em relação à Epistemologia Genética e introduzo a noção de Ideia; para, por fim, propor um projeto geral de pesquisa (que o presente trabalho ape-nas anuncia) que objetiva usar de conceitos e argumentos inspirados na Filosofia Espe-culativa Hegeliana (ou a ela relacionados) para compreender o sistema dos seres hu-manos e de seus comportamentos, em especial, no cenário de produção da Ciência e da Filosofia Contemporâneas, inclusive no da própria Epistemologia Genética. Espero ter contribuído para mostrar que é possível uma outra posição filosófica (distinta do natu-ralismo piagetiano) que considera os dados experimentais das Epistemologia e Psico-logia Genéticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Seção
Conhecimento Físico e Construção do Real