EFEITO DO TREINAMENTO FÍSICO SOBRE A FORÇA MUSCULAR DE JOVENS COM SÍNDROME DE DOWN

  • Everaldo Lambert Modesto Universidade Estadual de Londrina
  • Bruna Barboza Seron Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eloise Werle de Almeida Universidade Estadual de Londrina
  • Márcia Greguol Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: síndrome de Down, exercício resistido, força muscular

Resumo

O objetivo do estudo foi verificar o efeito do treinamento resistido sobre a força muscular de jovens com Síndrome de Down (SD). Participaram 25 jovens SD, divididos em: Grupo controle (GC n=10) e Grupo treinamento resistido (GTR n=15). O treinamento teve duração de 12 semanas para o GTR, duas sessões semanais. Foram realizados antes e após o programa testes de 1-RM de remada alta e de cadeira extensora e teste de preensão manual. Foi feita estatística descritiva, comparações intra e entre grupos (teste t-Student) e correlação de Spearman. Os jovens apresentaram indicadores antropométricos preocupantes para uma boa saúde. O treinamento resistido provocou efeitos positivos na força muscular, sendo uma alternativa segura e benéfica para jovens com SD. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-13