O EFEITO DA DANÇA NA QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO

  • Marina Camargo Garcia UNESP
  • Danielle dos Santos Cutrim Garros UNESP
Palavras-chave: Terapia Ocupacional. Idosos. Qualidade de Vida. Dança.

Resumo

 

Um dos trabalhos do terapeuta ocupacional com o idoso, é prevenir e estimular os componentes psicossociais relacionados à emoção, ao mental e à percepção de si e do outro, a fim de prevenir o isolamento e a inabilidade social, preservando assim a sua qualidade de vida. O objetivo deste estudo foi investigar qual o efeito da intervenção da Terapia Ocupacional por meio da dança na qualidade de vida de idosos ativos. A pesquisa foi quantitativa e qualitativa, realizada com 10 idosos, sem dificuldades de entendimento e aptos para a atividade, que frequentavam uma Unidade Básica de Saúde em uma cidade do interior de SP. Foram realizadas 12 sessões, entre avaliações e sessões. Os métodos de coletas de dados foram a Avaliação de Qualidade de Vida, versão em português da WHOQOL-100 e entrevista aberta com os idosos. As análises dos dados desta pesquisa revelaram uma mudança positiva no item relacionado ao trabalho e, de acordo com relatos dos participantes, mudanças significativas em seu cotidiano e em sua qualidade de vida, especialmente nos aspectos de socialização, percepção de si e satisfação. Concluiu-se que, neste grupo de idosos,a dança promoveu o efeito de melhora na qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Camargo Garcia, UNESP
DEFITO
Danielle dos Santos Cutrim Garros, UNESP
DEFITO
Publicado
2017-11-13