PARAOLÍMPIADA RIO 2016

QUE EVENTO É ESSE?

  • Michele Oliveira Silva IFSP Instituto Federal de São Paulo
  • Anna Júlia de Lima Rodrigues Salgueiro

Resumo

O Brasil sediou as paraolimpíadas em 2016. Apesar de restrita, houve um aumento na divulgação dessa categoria. A divulgação de informações corretas, sem utilização de expressões para exagerar ou menosprezar as habilidades dos atletas, pode contribuir com a diminuição do estigma entre a incapacidade e a deficiência. O objetivo da atual pesquisa foi identificar se a realização de uma atividade sobre a paraolimpíada de 2016 em uma escola é eficiente para aumentar o conhecimento sobre o assunto pela população pesquisada. A pesquisa foi realizada em quatro etapas: 1) alunos do Ensino Médio responderam um questionário para identificar quais os conhecimentos prévios sobre o assunto; 2) 10 reportagens sobre a paraolimpíada foi analisada para identificar expressões que depreciaram ou exageraram as habilidades dos atletas, esses dados contribuíram para o planejamento da atividade para divulgação do tema, 3) realização da gincana: esportes adaptados e 4) aplicação de um novo questionário para averiguar o conhecimento construído após a atividade. Pela adesão à atividade, o nível de participação e as respostas do questionário após a gincana, conclui-se que com poucos recursos pôde-se realizar uma atividade que contribuiu para a publicidade desse tema pouco divulgado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-27