Foco e Escopo

Publicar artigos de filosofia ou que tenham relevância para pesquisa em filosofia. Promover debate e interlocução de idéias e textos entre pesquisadores do Brasil e do exterior. Área de interesse: Filosofia. A Trans/Form/Ação: Revista de Filosofia teve seu primeiro número publicado em 1974 pelo Departamento de Filosofia da extinta Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis, que em 1976 passou a integrar a Universidade Estadual Paulista (UNESP). Logo a seguir, o Departamento se transferiu para o Campus de Marília. Desde então os maiores pesquisadores paulistas, bem como outros filósofos brasileiros e estrangeiros a eles vinculados, publicaram artigos ou foram entrevistados. No início, a revista ajudou a articular a criação de um Programa de Pós-Graduação em Filosofia e um hoje tradicional evento, a Jornada de Filosofia e Teoria das Ciências Humanas. Por seu papel de fomentar o estudo da filosofia acadêmica, por estabelecer um pólo cosmopolita e pela estatura de seus primeiros colaboradores (Gilles Gaston Granger, Gérard Lebrun, Antônio Cândido de Mello e Souza, José Arthur Giannotti, entre outros) adquiriu presença marcante no cenário filosófico nacional e na interlocução com grandes pensadores estrangeiros.

 

Periodicidade:

Trimestral.

 

Verificação de Similaridade de Textos

Os manuscritos submetidos passam por verificação de similaridade de textos e prevenção de plágio (Turnitin) na etapa de designação das submissões.

 

Avaliação por Pares:

Dois ou mais revisores no sistema duplo-cego.

 

Critérios de Avaliação:

(1) Formulação do(s) objetivo(s), exame das obras, avaliação da bibliografia secundária, exposição dos argumentos, apresentação dos resultados.

(2) Relevância filosófica e originalidade.

 

Política de Acesso Aberto

Esta revista oferece acesso aberto aos artigos, resenhas, traduções, entrevistas e editoriais, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Indicadores Bibliométricos:

SciELO, Scopus (CiteScore), Web of Science (Fator de Impacto), Google Scholar (índice h5).