POR QUE REVISITAR O DEBATE ENTRE BERGSON E EINSTEIN?

  • Márcio BARRETO
Palavras-chave: Bergson. Einstein. Tempo

Resumo

Bergson e Einstein participaram de uma conferência no Collège de France, em Paris, no
mês de abril de 1922. Muitos desencontros entre o físico e o filósofo, no que diz respeito à questão
do tempo, são já superados, se considerarmos a existência de processos dinâmicos instáveis, mas ainda
permanece atual a questão da interioridade do tempo à ciência e, portanto, a possibilidade de retomada
da complementaridade entre a ciência e a metafísica, proposta por Bergson, como necessária para a
compreensão da complexidade dos problemas contemporâneos. A partir das concepções de intuição
em Bergson e Einstein, este artigo explora as dificuldades e as potências do diálogo entre a Física e a
Filosofia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio BARRETO

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Publicado
2016-02-16
Seção
Artigos/Articles